Documentário ANDA 27 Anos

Documentário ANDA http://andaangola.org Ficha Técnica: Textos Celso Salles Locuçao Carolina Martinho Imagens e Ediçao Educasat World Imagens Youtube Trilhas Sonoras (Facebook Grátis) Forevermore To Dream New Beginnings Luanda – Angola – 19/01/2019

Em 01 de Fevereiro de 1992, nasce em Angola – África, a ANDA – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS DEFICIENTES DE ANGOLA. Na época, ainda vivendo sob os horrores da guerra civil pós independência, a ANDA iniciava uma caminhada de muita luta e dedicação em prol das pessoasl com deficiência em ANGOLA que, segundo dados da ONU atinge atualmente um número de 656 mil pessoas com deficiência.
Muitas foram as Conferências, Assembléias e ações diversas realizadas em todo o país durante os 27 anos de existência da ANDA, o que lhe assegurou a sua continuidade.
No entanto, muito ainda há por se fazer. A existência de uma considerável quantidade de minas terrestres em boa parte do território angolano, além de dificultar o desenvolvimento de sua agricultura, representa nos dias de hoje um grande desafio a ser vencido para que o número de pessoas com deficiência não aumente ainda mais.
Um outro desafio a ser vencido é o crescente númeo de sinistralidade rodoviária que anualmente está a formar um novo exército de pessoas com deficiência.
As más condições da malha rodoviária e a imprudência de inúmeros automobilistas são os grandes responsáveis pela formação deste exército de pessoas com deficiência.
Precisamos mudar este quadro e a ANDA tem a perfeita consciência do papel que desempenha e, como vem fazendo ao longo de sua existência, procura se atualizar e ir em busca de novas tecnologias que lhe permitam acompanhar a evolução em todo o mundo.
A ANDA quer ser cada vez mais uma das importantes vozes das Comunidades de Pessoas com deficiência em toda Angola.
Além de incentivar os pequenos empreendedores a ANDA desenvolve um importante papel para a melhora da acessibilidade em todo o país e a conscientização de todos quanto a empregabilidade de pessoas com deficiência.
FALA DO DR ENOQUE BERNARDO:
Começando pelo pilar arquitetónico.
Como é que os construtores, arquitetos ou empresários pensam quando constroem escolas, hospitais.
Parece que em Angola não existem pessoas com deficiência. Não conseguem colocar acessibilidade para pessoas com deficiência. Não conseguem colocar casas de banho acertadas para pessoas com pessoas com deficiência. Não conseguem colocar portas para pessoa com deficiência. Se prestarmos atenção nas informações da ONU, de 7,5 bilhões de habitantes do planeta, 800 milhões são de pessoas com deficiência.

PAC – Programa ANDA Convênios.
Através deste Programa a ANDA cria um fundo financeiro que irá lhe possibilitar obter maiores recursos para compra de cadeiras de rodas, muletas, próteses e demais necessidades das pessoas com deficiência.
VÍDEO ELIZANDRA DOS SANTOS:
Você já pensou em dar asas para quem quer voar ? E pernas para quem não pode andar. A partir de agora você terá esse poder. Deposite mensalmente na conta da ANDA 500, 1.000 OU 2.000 Kz e garanta descontos especiais na saúde, no comércio, na educação, produtos e serviços em geral. A ANDA PRECISA DE VOCÊ.
PAF – Programa ANDA Formação
A formação de pessoas com deficiência é o primeiro e decisivo passo para a Empregabilidade. Quanto mais formadas e preparadas estiverem, maiores serão as chances das pessoas com deficiência no competitivo e ainda pequeno mercado de trabalho angolano, porém com muita potencialidade de crescimento.
PAE – Programa ANDA Emprego
Já em funcionamento na Plataforma Digital da ANDA – www.andaangola.org através do BAE – BANCO ANDA EMPREGO as empresas podem cadastrar suas vagas de trabalho para pessoas com deficiência, enquanto que, as pessoas com deficiência de toda Angola podem cadastrar os seus respectivos currículos. Com o BAE – BANCO ANDA EMPREGO do PAE, ficará mais fácil o cumprimento do Decreto Presidencial número 12/16 de 15 de janeiro que regulamenta a contratação de pessoas com deficiência em ANGOLA.

O AGROANDA – Programa Agrícola da ANDA também exerce um papel primordial para uma melhor qualidade de vida das pessoas com deficiência residentes nas zonas rurais.
FALA DO ETIAMBULO AGOSTINHO:
Bom dia a todos. Nós estamos aqui a preparar condições que nos permitam festejar os 27 anos da existência da Associação Nacional dos Deficientes de Angola. Viemos nessa área agrícola que é para mostrarmos o que estamos a fazer desde que fundamentos a Associação. Um dos projectos mais importantes que criamos dentro da ANDA é o projecto de agricultura. Além de estarmos aqui na província do Bengo, mais precisamente na área do Kissomera temos outros áreas agrícolas como na província do Bié, Moxico, Huila, Huambo, Uige, onde estamos muito mais engajados na cultura de milho, mandioca, soja, feijão, hortaliças. Temos muita cove, batata. Tudo isso estamos a levar a cabo para engrandecer nossa Organização. A logística em si que vai sair nestas áreas de cultivo vai servir muito mais para beneficiar pessoas com deficiências inadaptáveis, que são as que andam com cadeiras de rodas e, em uma mata igual a essa, uma lavra igual a essa ele não consegue vir. Aqueles que têm proteses e conseguem chegar até a lavra, cultivam, preparam e apoiam aqueles outros cadeirantes e os segos em si. O cadeirante que está em uma sapataria, em uma cantina, em uma sala de aula serão beneficiados. E que a sociedade angolana reconheça que as pessoas com deficiência são úteis no seu todo.
Na Plataforma Digital da ANDA (http://andaangola.org) pessoas com deficiência de toda Angola podem se cadastrar como associados e obterem apoio.
Também as Empresas Conveniadas que são fundamentais no PAC – Programa ANDA Convênios podem Sse cadastrar e oferecerem descontos para os associados ANDA.

A Agência DEFICIÊNCIA, Produtos e Serviços, formada dentro da ANDA por uma grupo de jovens motivados, vem se notabilizando por um trabalho em conjunto e focado e, através das Redes Sociais e encontros semanais, conseguem se comunicar com todo o público angolano e do exterior.
Venha fazer parte da família ANDA.
A ANDA precisa de você,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »